Corticosteróides no Tratamento da EM

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Corticosteróides no Tratamento da EM

Mensagem  FPaulo em Ter Mar 04, 2008 5:34 pm

Retirado do site ms-gateway

Os corticosteróides são os medicamentos mais prescritos nos portadores de EM para reduzir a gravidade e duração dos surtos.

Os corticosteróides são derivados da cortisona, uma hormona que ocorre naturalmente no corpo
O nome cortisona vem de córtex (camada externa), uma vez que a hormona é produzida no córtex adrenal. A cortisona é uma hormona produzida em caso de stress. A cortisona tem vários efeitos no nosso corpo, incluindo aumentar os níveis de açúcar no sangue e inibir os processos metabólicos como a digestão alimentar e o desenvolvimento muscular, mas o efeito mais útil na EM é a supressão do sistema imunitário. Tem um efeito anti-inflamatório. Os corticosteróides administrados são ligeiramente diferentes da cortisona do nosso corpo, mas têm o mesmo efeito.


Cortisona e/ou esteróides?
Todas as substâncias derivadas da cortisona e utilizadas para fins médicos são como grupo denominadas de glucocorticóides, corticosteróides ou esteróides como abreviatura. Existem diferentes tipos de glucocorticóides, apresentando diferenças no que se refere ao seu efeito e actividade biológica. Os esteróides inibem a inflamação na EM ao suprimirem a migração das células imunitárias para o cérebro e reduzindo a retenção de água (edema) e o inchaço. Para além disto, são produzidos menos anticorpos pelos linfócitos B (glóbulos brancos produtores de anticorpos).

Quando comparado com a cortisona natural, a metilprednisolona tem um efeito anti-inflamatório 5 vezes superior e que dura pelo menos duas vezes mais. Isto leva a que os surtos (ataques) sejam mais ligeiros e mais rápidos quando ocorrem, se bem que a longo prazo não tenha qualquer influência na evolução da EM. Na década de 70, em vez da cura de ACTH, foram realizados ensaios com a cortisona ou substâncias relacionadas, nomeadamente a prednisona, sem se conseguir determinar nenhuma acção clara num surto de EM por tomar cortisona ou prednisona. Em 1980, foi efectuado um estudo acerca do efeito da administração intravenosa de elevadas doses de metilprednisolona, que demonstrou um potente efeito anti-surto. Comparado com a cura de ACTH tinha um efeito mais rápido e duradouro(1).

O efeito principal da metilprednisolona consistia na redução da gravidade e na redução da duração dos ataques, bem como uma redução ligeira na espasticidade. A metilprednisolona é portanto um tratamento excelente para os surtos, mas não para terapêutica contínua. Em vários estudos, não foi confirmado o efeito terapêutico de uma administração contínua de doses baixas de esteróides orais.

O tratamento contínuo com esteróides é dificultado pelo problema das reacções adversas consideráveis, tais como a redução da massa muscular, desmineralização dos ossos (osteoporose), bem como uma obesidade crescente. A administração de esteróides durante longos períodos de tempo deve apenas ser utilizada nas doenças para as quais não existe tratamento melhor.

Para os portadores de EM, a terapêutica de longo prazo com esteróides de baixa dosagem não deve portanto ser utilizada. Até agora, apenas foi confirmado que a administração intravenosa de metilprednisolona é eficaz em estudos controlados. A maioria dos neurologistas administra metilprednisolona intravenosa durante 5 dias, 500 mg por dia. Também pode ser administrada durante 3 dias com 1 g por dia, de forma a prevenir um ressurgimento rápido da actividade inflamatória durante um surto. Depois da administração da metilprednisolona intravenosa administra-se prednisona em comprimidos em doses decrescentes durante cerca de 2-3 semanas. Alguns neurologistas também utilizam doses elevadas de metilprednisolona em comprimidos, sendo também considerado como eficaz durante um surto. No entanto existem apenas alguns estudos controlados que confirmam este facto.

Reacções adversas
As reacções adversas da metilprednisolona administrada por via intravenosa são raras. São geralmente reacções de intolerância que podem por vezes conduzir a arritmias (alterações no ritmo cardíaco) e, ocasionalmente, também a um aumento na pressão sanguínea em doentes que já tenham a tensão arterial elevada. Por vezes são descritos casos de alterações psicológicas e, raramente, de ataques epilépticos. A necrose óssea, apesar de temida como resultado das elevadas doses de esteróides, é extremamente rara.

Desta forma, a terapêutica de metilprednisolona de dose elevada pode ser considerada como segura nos surtos dos portadores de EM. A administração de metilprednisolona não deve ser considerada para doentes com uma arritmia, doença renal ou epilepsia conhecida.

Finalmente, os esteróides têm um efeito inesperado, ligeiramente eufórico. Várias vezes os doentes referem que se sentem melhor após tomarem esteróides, apesar de clinicamente não haver uma melhoria na EM. Estes doentes depois pedem um tratamento regular com esteróides, o que não é recomendável por causa do perigo das reacções adversas mencionadas em cima. Os problemas psicológicos relacionados com a EM não devem ser tratados com esteróides, mas com medicamentos que têm um efeito directo no cérebro.


Texto escrito pela Dra. Vital Hauser
Neurologista

FPaulo
Frequente
Frequente

Mensagens : 7
Data de inscrição : 03/03/2008
Idade : 46
Localização : Vila Nova de Famalicão

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

reaccoes adversas...

Mensagem  reynolda em Qua Maio 12, 2010 5:15 am

ola,

Apenas gostaria de acrescentar que , no meu caso, a maior reacção que tive ao tratamento de 1 grama/dia durante 3 dias, foi uma hiper actividade estranha, visto estar numa cadeira de rodas. Também tive insónias durante 3 semanas.

obrigado pela explicação tão clara deste tema.

Reynolda Smile
avatar
reynolda
Novato
Novato

Mensagens : 2
Data de inscrição : 12/05/2010
Idade : 42
Localização : viana do castelo

Ver perfil do usuário http://www.wix.com/reyane/diferente_mas_feliz

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum